Leandro de Souza Francisco

Published:

This essay has been submitted by a student. This is not an example of the work written by our professional essay writers.

Resumo

As andancas pelo mundo sao tao antigas quanto o proprio homem, tendo assumido propositos singulares em diferentes epocas e lugares. Entre as varias formas de caminhar uma em particular deixou fortes marcas no mundo e foi denominada como o movimento hippie. Desde o inicio do movimento com o surgimento da geracao Beat e a contracultura as constantes viagens foram marcas indeleveis dessa populacao, fosse ela um busca de aventura, fosse ela em busca de significacoes para a vida. Podemos presenciar representantes desse grupo social percorrendo estradas e sobrevivendo da producao artistico-cultural ou outras formas. O objetivo deste e analisar esta tribo urbana no contesto atual.

Palavras chave: Hippies, Woodstock, EUA, Tribo.

Introducao

Na decada de 1960, o movimento hippie apareceu disposto a oferecer uma visao de mundo inovadora e distante dos vigentes ditames da sociedade capitalista. Em sua maioria jovens, os hippies abandonavam suas familias e o conforto de seu lar para se entregarem a uma vida regada por sons, drogas alucinogenas e a busca por outros padroes de comportamento. Ao longo do tempo, ficariam conhecidos como a geracao da "paz e amor".

Ao longo da decada de 1960, junto do movimento negro, os integrantes dessa geracao discutiram questoes politicas de grande relevancia e se organizaram para levar a publico uma opiniao sobre diversos acontecimentos contemporaneos.

Conseguindo mobilizar uma enorme quantidade de pessoas, os hippies lutaram pela ampliacao dos direitos civis e o fim das guerras que aconteciam naquele momento. Em varias situacoes, a influencia das autoridades sob os meios de comunicacao acobertavam a discussao que se desenvolvia, para assim reforcar os comportamentos marginais dos hippies. Nao raro, a forca policial era acionada para que esses "desordeiros" fossem retirados do espaco publico.

Origens

O termo derivou da palavra em ingles hipster, que designava as pessoas nos EUA que se envolviam com a cultura negra. Em 6 de setembro de 1965, o termo hippie foi utilizado pela primeira vez, em um jornal de Sao Francisco, um artigo do jornalista Michael Smith. * A eclosao do movimento se seguiu ao surgimento da chamada Geracao Beat, os beatniks, uma leva de escritores e artistas que, primeiramente, assumiram os comportamentos copiados pelos hippies. Com a palavra "beat", John Lennon, transformado em um dos principais porta-vozes pop do movimento hippie, criou o nome da sua banda "The Beatles". Tanto o termo beatnik como o termo hippie assumia sentido pejorativo para a grande massa norte-americana.

Caracteristicas

Estilo e comportamento

O simbolo da paz foi desenvolvido na Inglaterra como logo para uma campanha contra o desarmamento nuclear, e foi adotado pelos hippies americanos que eram contra ha guerra nos anos 60.

Nos anos 60,muitos jovens passaram a contestar a sociedade e a questionar osvalores tradicionais eopoder militar e economico. Esses movimentos de contestacao iniciaram-se nos EUA, impulsionados por musicos e artistas em geral. Os hippies defendiam o amor livre e a nao-violencia.Como grupo, os hippies tendem a viver em comunidades coletivistasou de forma nomade, vivendo e produzindo independentemente dos mercados formais, usam cabelose barbas mais compridos do que era considerado "elegante" na epoca do seu surgimento. Muita gente nao associada a contracultura considerava os cabelos compridos uma ofensa,em parte por causa da atitudeiconoclasta dos hippies, as vezes por os acharem "anti-higienicos" ou os considerarem "coisa de mulher".Foi quando a peca musical Hair saiu do circuito chamado off-Broadway para um grande teatro da Broadway em 1968, que a contracultura hippie ja estava se diversificando e saindo dos centros urbanos tradicionais.

Girias

As girias hippies surgiram no Brasil principalmente nos anos 70 e se tornaram tendencia entre os jovens e atualmente sao usadas com menos frequencia, mas muitas nunca deixaram de ser usadas por jovens e "coroas" (que e uma giria hippie).

  • Arquibaldo - Torcedor de arquibancada;
  • Barra - Dificuldade;
  • Bicho - Amigo;
  • Bicho Grilo - Hippie;
  • Bichogriles - Idioma dos Hippies;
  • Bionico - Politico nomeado pelo governo;
  • Bode - Confusao;
  • Capanga - Bolsa;
  • Chacrinha - Conversa sem objetivos;
  • Coroa - pessoa nao-jovem (mais de 30 anos);
  • Dar o cano - quebrar compromissos;
  • Eutoquetoquenemtodetantoqueto - Eu Estou bem;
  • Fazer a cabeca - mudar a cabeca de alguem;
  • Geraldino - Torcedor de geral;
  • Goiaba - Bobo;
  • Joia - Tudo bem;
  • Podes crer - Acredite; concordo;
  • Repeteco - Repeticao;
  • Cara - pessoa, usado para mulheres e homens;
  • Sacar - entender;
  • Po - Exclamacao de contrariedade;
  • Meu - pessoa, tche, cara;
  • Nao da nada - nao tem problema;
  • Corta essa! - desiste, muda (exclamacao);
  • Mudar a cabeca - mudar o modo de pensar;
  • Acertar as cabecas - combinar (pessoas);
  • Falou e disse - disse tudo;
  • Falou - o mesmo que falou e disse;
  • Velha e velho - pai e mae;
  • Veio - amigo;
  • Falou - Tchau, Ate Mais.

Demais caracteristicas

  • Roupas de cores brilhantes e alguns estilos incomuns, (tais como calcas boca-de-sino, camisas tingidas, roupas de inspiracao indiana);
  • Predilecao por certos estilos de musica, como rock psicodelico: Rolling Stones, The Beatles, Grateful Dead, Jefferson Airplane, Janis Joplin, Jimi Hendrix, Led Zeppelin, Quicksilver Messenger Service, The Doors, Pink Floyd, Bob Dylan,Raul Seixas, Mutantes, Ze Ramalho, e soft rock como Sonny & Cher;
  • as vezes tocar musicas nas casas de amigos ou em festas ao ar livre como na famosa "Human Be-In" de San Francisco, ou no Festival de Woodstock em 1969. Atualmente, ha o chamado Burning Man Festival;
  • Amor livre e sem distincoes;
  • Ideais anarquistas de comunidades igualitarias e total liberdade nao violenta;
  • Vida em comunidades onde todos os ditames do capitalismo sao deixados de lado. Por exemplo, todos os moradores exercem uma funcao dentro da comunidade, as decisoes sao tomadas em conjunto, normalmente e praticada a agricultura de subsistencia e o comercio entre os moradores e realizado atraves da troca. Existem comunidades hippies espalhadas no mundo inteiro; vivem para a subsistencia;
  • O incenso e meditacao sao partes integrantes da cultura hippie pelo seu carater simbolico e quase religioso;
  • Uso de drogas como marijuana (maconha), haxixe, e alucinogenos como o LSD e psilocibina (alcaloide extraido de um cogumelo), visando a "liberacao da mente", seguindo as ideias dos beats e de Timothy Leary, um psicologo proponente dos beneficios terapeuticos e espirituais do LSD. Porem muitos consideravam o cigarro feitode tabaco como prejudicial a saude. O uso da maconha era exaltado tambem por sua natureza iconoclasta e ilicita, mais do que por seus efeitos psico-farmaceuticos;
  • Culto pelo prazer livre, seja ele fisico, sexual ou intelectual;
  • Repudio a ganancia e a falsidade;
  • Quanto a participacao politica, mostravam pouco interesse. Eram adeptos do pacifismo e, contrarios a guerra do Vietna, participaram de algumas manifestacoes anti-guerra dos anos 60, nao todas, como se acredita. Nos EUA, pregaram o "poder para o povo". Ir contra qualquer tipo de manifestacao politica tambem faz parte da cultura hippie, que privilegia muito mais o bem estar da alma e do individuo. Assumem uma postura tendente ao socialismo, sao contra qualquer autoritarismo e preocupados com as questoes sociais como a discriminacao racial, sexual, etc.
  • Fome intelectual insaciavel. Nao sao adeptos de inovacoes tecnologicas, preferindo uma vida distante de prazeres materiais;
  • Misticismo.

Confrontos

Entre os grandes confrontos do movimento hippie, podemos destacar a mobilizacao feita na Convencao Nacional Democrata, ocorrida entre os dias 26 e 29 de agosto de 1968, na cidade de Chicago. Sob a lideranca de Abbie Hoffman e Jerry Rubin, a chamada "Festa da Vida" contou com varios episodios em que o cenario politico norte-americano era criticado. Entre tantas outras acoes de deboche, os hippies lancaram um porco (chamado de "Pigasus") como candidato a presidente dos EUA.

O clima de tensao entre os policiais e os manifestantes logo esquentou, e a pancadaria tomou conta do lugar. Vale lembrar que, um pouco antes do acontecido, a mortes de Martin Luther King e Bob Kennedy ja esquentava o clima de tensao entre os conservadores e liberais. E isso foi so o comeco, ja que a insatisfacao pioraria com a eleicao de Richard Nixon (1969 - 1974), um presidente de clara orientacao conservadora.

No dia 4 de maio de 1969, outra grande luta aconteceu na Universidade de Kent State, em Ohio. Dessa vez, os hippies e outros estudantes mobilizaram-se para protestar contra a manutencao dos Estados Unidos na Guerra do Vietna e a recente invasao norte-americana ao Camboja. Nesse protesto, a furia das autoridades governamentais foi ampliada com a convocacao da Guarda Nacional para conter o evento. Ao fim da luta, ocorreu a morte de quatro pessoas e outras nove ficaram feridas.

Mediante esses acontecimentos, podemos ver que a contestacao do movimento hippie nao se colocava de forma isolada ao mundo presente. Apesar de projetarem outra sociedade e buscarem novas formas de percepcao, os hippies se colocavam como uma voz ativa contra algumas acoes politicas da epoca. Sem duvida, a inventividade deles ainda serve de exemplo para muitas pessoas que se preocupam com as questoes de seu tempo e a garantia de seus direitos.

Woodstock

O Festival de Woodstock comemorou neste mes de agosto 40 anos. Durante tres dias - de 15 a 18 de agosto de 1969 - quase meio milhao de jovens assistiram a shows dos principais artistas da epoca numa pequena propriedade rural no estado de Nova York.

O festival era um evento comercial, mas o numero de pessoas era tanto que os organizadores nao tiveram outra saida a nao ser liberar a entrada de todo mundo.

O clima pacifico de comemoracao e a liberdade marcaram o apice do movimento de contracultura dos anos de 1960. Entre as principais caracteristicas que marcaram o movimento hippie da epoca, estavam:

Os protestos pacificos contra a Guerra do Vietna

A revolucao sexual

O uso de drogas psicodelicas

O desenvolvimento dos meios de comunicacao tambem foi decisivo para espalhar os ideais por todo o mundo, culminando nos protestos do Maio de 68. No Brasil, em plena ditadura militar, eles foram encarnados pelo Tropicalismo.

O fim das utopias politicas, o surgimento da Aids e os crimes violentos associados as drogas levaram junto as referencias da contracultura. Mas a cultura hippie continua viva nos ideais comunitarios e nos habitos de compartilhamento livre na internet.

Legado

"Nos, nos anos 1960, antecipamosmuitas das coisas que temos hoje, como a luta pelos direitos civis, pelos direitos das mulheres, a yoga. O movimento nao acabou. Eu ainda moro numa comunidade hippie com as pessoas que conheco ha 35 anos. Nos estudamos, trabalhamos, como todo mundo.E hoje o mundo sofre com o materialismo novamente", disse o jornalistaJohn McCleary, autor de "The Hippie Dictionary".

O movimento e suas principais manifestacoesforam absorvidos pela tecnocracia. "O proprio teor critico com o qual o movimento buscou enfrentar o sistema acabou se banalizando sob a forma de produtos a serem vendidos e consumidos, alimentando a estrutura empresarial que se formou em torno de antigos slogans revolucionarios."

O legado hippie vai muito alem das camisetas tie-dye. "A contracultura sessentista foi muito alem do "verao do amor". Sua ressignificacao faz-se necessaria para entendermos a amplitude e a importancia do movimento. Houve, atraves dele, a inclusao dentro da historia social das chamadas "minorias": negros, mulheres e homossexuais. Tambem foi importante quanto aos assuntos tao em voga atualmente, como ecologia e sustentabilidade."

Por volta de 1970, muito do estilo hippie se tornou parte da cultura principal (a Cultura Popular), disseminando a sua essencia por todas as areas das sociedades atuais. A liberdade sexual, a nao-discriminacao das minorias, o ambientalismo e o misticismo atual sao, em larga medida, produtos da contestacao hippie No entanto, a grande imprensa perdeu seuinteresse na subcultura hippie como tal, apesar de muitos hippies terem continuado a manter uma profunda ligacao com a mesma.

Como os hippies tenderam a evitar publicidade apos a era do Verao do Amor e de Woodstock, surgiu um mito popular de que o movimento hippie nao mais existia. De fato, elecontinuou a existir em comunidades mundo afora, como andarilhos que acompanhavam suas bandas preferidas, ou as vezes nos intersticios da economia global. Ainda hoje, muitos se encontram em festivais e encontros para celebrar a vida e o amor, como no Peace Fest e nas reunioes da familia arco-iris. No Brasil temos algumas comunidades Hippes espalhadas por praias e comunidades alternativas. Neste contexto, destacam-se a cidade mineira de Sao Tome das Letras, o vilarejo Trindade em Parati, RJ, Pirenopolis em Goias, Trancoso na Bahia, etc.

No cenario musical, destacam-se o cantor Raul Seixas e a banda Mutantes, que fizeram grande sucesso nos anos 60 e 70 e tem milhares de fas ainda hoje. Na cena musical contemporanea, destaca-se o cantor Ventania, baseadoem Sao Tomedas Letras, MG. Ventania tem em seu repertorio inumeras obras, que falam desde o livre pensar ao desapego material, cultuando a natureza e os ideais Hippes.

Conclusao

A tribo dos hippies deixou como uma visao de paz e tranquilidade sobre seus ideiais. As pessoas ao pensarem em hippies imaginam pessoas tranquilas que consomem algumas drogas e se vestem de forma "antiga". Mas essa nao e uma visao que pode ser tida como totalmente correta.

O movimento hippie tinha por objetivo rebelar-se contra os valores instituidos pela sociedade e atraves do descondicionamento, chegar a existencia autentica, embasada pela formacao de uma nova consciencia.

Bibliografia Consultada

  • SITIO ELETRoNICO APRESENTAcaO TRIBOS URBANAS: http://apresentacaotribosurbanas.blogspot.com/2009/12/depoimento-de-uma-ex-hippie.html
  • SITIO ELETRoNICO : http://penumbraarteurbana.blogspot.com/2008/11/hippies.html
  • SITIO ELETRoNICO SENHORA HISToRIA: http://senhorahistoria.blogspot.com/2010/05/as-lutas-do-movimento-hippie.html
  • SITIO ELETRoNICO G1: http://g1.globo.com/Sites/Especiais/Noticias/0,,MUL1267354-16107,00.html
  • SITIO ELETRoNICO SHVOONG: http://pt.shvoong.com/humanities/1729156-historico-hippie/
  • SITIO ELETRoNICO SOFILOSOFIA: http://www.sofilosofia.hpg.ig.com.br/cultura_e_curiosidades/53/index_int_9.html

Writing Services

Essay Writing
Service

Find out how the very best essay writing service can help you accomplish more and achieve higher marks today.

Assignment Writing Service

From complicated assignments to tricky tasks, our experts can tackle virtually any question thrown at them.

Dissertation Writing Service

A dissertation (also known as a thesis or research project) is probably the most important piece of work for any student! From full dissertations to individual chapters, we’re on hand to support you.

Coursework Writing Service

Our expert qualified writers can help you get your coursework right first time, every time.

Dissertation Proposal Service

The first step to completing a dissertation is to create a proposal that talks about what you wish to do. Our experts can design suitable methodologies - perfect to help you get started with a dissertation.

Report Writing
Service

Reports for any audience. Perfectly structured, professionally written, and tailored to suit your exact requirements.

Essay Skeleton Answer Service

If you’re just looking for some help to get started on an essay, our outline service provides you with a perfect essay plan.

Marking & Proofreading Service

Not sure if your work is hitting the mark? Struggling to get feedback from your lecturer? Our premium marking service was created just for you - get the feedback you deserve now.

Exam Revision
Service

Exams can be one of the most stressful experiences you’ll ever have! Revision is key, and we’re here to help. With custom created revision notes and exam answers, you’ll never feel underprepared again.